Mini-entrevista concedida a Márcio Scheibler e publicada no blog Livros e rock'n'roll em 20 de março de 2013

Jogo rápido com os escritores – Oleg Almeida

 

E hoje temos a honra de contar com um autor da Bielorússia aqui no blog!!! Oleg Almeida mora no Brasil há 8 anos e mostra um pouco do seu trabalho pra gente!

1. Livros de sua autoria: Memórias dum hiperbóreo (2008) e Quarta-feira de Cinzas e outros poemas (2011) – pela editora carioca 7Letras, além de várias traduções do russo e do francês, lançadas em sua maioria pela Martin Claret. Quem precisar de mais informações, visite, por gentileza, o meu site (www.olegalmeida.com) e os das referidas editoras.

2. Gênero literário que escreve: Poesia e tradução literária.

3. Cidade onde nasceu e onde reside: Nasci na Bielorrússia, que então fazia parte da União Soviética, na cidade de Gômel. Desde 2005 moro em Brasília.

4. Profissão: Tradutor e intérprete.

5. Autor preferido: São muitos, com especial destaque para Alexandr Púchkin, Charles Baudelaire e García Lorca.

6. Livro preferido: Mencionaria Pequenas tragédias de Púchkin (que, aliás, traduzi para o português) e As Flores do Mal de Baudelaire, entre inúmeros outros títulos.

7. Qual livro está lendo no momento: Estou apreciando dois florilégios: Antología Poética, de Rubén Darío, e Les plus beaux poèmes d'amour de la langue française, de Jean Orizet.

8. Qual livro gostaria muito de ler: Qualquer uma daquelas obras-primas que ainda não li.

9. Planos para 2013: Editar o meu novo livro de poesia, presentemente em fase de elaboração, e pôr no prelo a tradução de Crime e castigo de Fiódor Dostoiévski.